sábado, 6 de setembro de 2014

9 - Dia do Humanismo

O nativo deste dia é normalmente universalista: sente compaixão por todos e quer melhorar o gênero humano. É amante da verdade, normalmente generoso, independente, liberal, audacioso, corajoso,combativo, e não tem medo da derrota eventual, pois sabe que conseguirá o que deseja. Dificilmente tem paz de espírito e tranqüilidade, pois tem facilidade em atrair discórdia e desentendimentos, afastando os amigos e as pessoas que o amam. É um ser muito contraditório, pois sendo humanista e bondoso não deveria ser arrogante e revoltoso, mas o é, e dessa maneira, destrói em minutos o que levou anos a construir. Em virtude da sua autoconfiança, normalmente protela tudo, e às vezes acaba ficando em dificuldades financeiras; mas no final acaba se saindo bem. Não gosta de receber ordens e será mais bem sucedido em assuntos relacionados com a religião, filantropia ou associações beneficentes, nas quais a inspiração, a bondade e a compreensão sejam necessárias. Normalmente não se apega a nada nem a ninguém, sejam bens materiais, amigos, companheiros de jornada ou mesmo a pessoa amada,tendo ao longo da sua vida muitos desapontamentos amorosos e também algumas perdas de amizade . Adora viajar e conhecer novos lugares, novos países, novas pessoas. Qualquer vício lhe é tremendamente nocivo ao organismo,seja o hábito de beber, fumar ou qualquer outro, pois possui um organismo muito sensível e os vícios lhe prejudicam terrivelmente o sistema nervoso e o respiratório.

Fonte: Sociedade Brasileira de Psicanálise