sábado, 25 de outubro de 2014

O AMOR DE DEUS

“Aquele que não ama não conhece a Deus; 
porque Deus é amor”. 
(1 João 4.8).

Você já amou? O que você entende por amor? Na vida não somos nada sem amor! Temos o amor de pai, de mãe, de filho, de amigo, de namorado, de esposa, ou seja, temos vários tipos de amor, mas todos eles nascem de uma única essência: Deus. Porque Ele nos deu a vida com um sopro, Ele por amor a humanidade deu seu único filho Jesus Cristo, para morrer na cruz por nós, seus filhos e assim nos garantir a vida eterna. 

O amor, é a engrenagem que move a vida, é o óleo que lubrifica, é o sentimento que nos preenche e nos satisfaz e é o amor de DEUS que nós mantém em pé e faz de nos vencedores. Você deve estar se perguntando e dai? E dai que precisamos amar mais, precisamos nos doar mais, em vez de espalhar discórdia, fazer desavenças, criar problemas e atritos, temos que amar o próximo de tal maneira como Deus nos amou, temos que relevar, perdoar, esquecer, nascer de novo, recomeçar, mas uma coisa é certa: não podemos deixar de acreditar nesse amor maior, chamado Deus.

Amigos, somente o amor tudo suporta, tudo supera, tudo transforma, nenhum sentimento é capaz de nos transformar a não ser o amor, nenhum sentimento pode nos transbordar como pessoas se não for o amor! Pense nisso, todo o amor que você semear, você colhera em dobro. 

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
 (1 Coríntios 13:4-7)